22 de abr de 2010

A meus pés

Criei uma conta no flickr com o objetivo de postar fotos das minhas unhas, meus esmaltes, toda aquela coisa mulherzinha que faz my day shine.

Desde então, conheci bastante gente legal, fiz troquinhas de esmaltes com as minhas amiga *Palmirinha feelings* e acabei conhecendo novas marcas, novas cores. Tudo muito divertido, muito sadio, a não ser por um detalhe: meus pés.

Meus pés, que sempre foram pintados apenas com Paris e Renda, resolveram ousar. Agora pinto as mini-unhas deles de todas as cores, sem medo de ser feliz. Sinto que perdi um tempo imenso, na época em que só usava aqueles branquinhos boring. Estou mais satisfeita agora, a não ser por um detalhe: meus pés fazem mais sucesso do que qualquer outra parte do meu corpo.

Na minha inocência, nem imaginava que postar fotos dos meus pés no flickr atrairia um bando de tarados. Melhor dizendo, homens que gostam de pés, porque nem todos apelam para a taradice extrema.

E não é que a coisa toda é divertida? Quase diariamente, quando abro o flickr, vejo que algum homem favoritou uma (ou todas de uma vez, para os mais afoitos) foto dos meus pés. Alguns até mandam mensagens, pedem para adicioná-los como contato ou pedem que eu coloque fotos em um grupo específico.

Algumas mensagens são bem bizarras (para não dizer nojentas). Gente que fala que gostaria de chupar meus dedos, gente que fala que gosta de ver as minhas fotos enquanto "brinca consigo mesmo" (vocês entenderam). Tem como não rir? Tem como não ficar imaginando qual a graça de ter tara por pés?

Não fico assustada, porque a maioria desses caras mora fora do Brasil e né? Nem sabem onde eu moro, é gente de internet. Momento saia justa, mesmo, foi quando fui elogiada ao vivo, na rua, por um tarado podólotra, ao sair do MASP. Tarado que perguntou que número eu calçava e ainda declamou poesia para mim. Enterrem-me de olhos abertos, porque eu morro e não vejo tudo!

Apesar de todo o "sucesso", não consigo entender qual é o diferencial dos meus pezinhos. Para mim, pé é simplesmente pé. Coisa mais sem graça do mundo!

Porém, se alguém quiser criar fantasias envolvendo meus membros inferiores, que fique à vontade. Mas que não venham com essa história de lamber dedos, porque eu tenho cócegas.

3 comentários:

fabio_ disse...

Poxa, vc pode ganhar dinheiro com isso! Quantos homens não pagariam pra serem pisados por um hibbit??

Nanael Soubaim disse...

Por que achas que não há photographias pessoais (salvo as da festa de Audrey, claro) na minha conta? Vai que um tarado se confessa louco por baixinhos de cara brava...

Meg disse...

Isso me lembra a Lily do Diário da Princesa (awnn).